O segredo dos pequenos negócios lucrativos

Por Rian Narcizo setembro 12, 2018
Pequenos negócios lucrativos

Você já sentiu vontade abrir o seu próprio negócio?

Em algum momento você já parou para pensar que é possível trabalhar de qualquer lugar do mundo?

Imagine você poder acordar, segunda-feira, em um hotel de frente para a praia, sentar-se na varanda, abrir o notebook e iniciar uma consultoria por Skype, ou indo até a casa do seu cliente para uma sessão de coaching particular.

Ao redor do mundo milhares de pessoas estão trabalhando exatamente dessa forma. Elas reinventaram o seu estilo de vida e a forma de trabalhar. E hoje são donas do seu próprio tempo.

Se você quer assumir a responsabilidade do seu futuro continue lendo e descubra como as pessoas estão criando o caminho para a liberdade.

Os micronegócios

Existente desde os primórdios do comércio, os micronegócios, são negócios normalmente operados por apenas uma pessoa.

No livro Administração de Vendas, o autor Marcos Cobra, afirma que documentos relativos à história da Grécia Antiga revelam que a venda já estava presente como uma atividade de troca. O comércio era realizado por mercadores e artesãos que realizavam vendas.

Junto com a popularização da internet veio a evolução do micronegócio, definida por Chris Gillebeau, como um jeito de ganhar um bom dinheiro ao mesmo tempo que se leva uma vida independentemente significativa.

A internet ajudou a reduzir os custos e possibilitou mais agilidade na criação de novos negócios. Hoje, é possível começar com baixo investimento e em alguns casos com investimento zero.

A partir de agora vou guiar você da concepção ao lançamento do seu novo empreendimento.

O fenômeno da convergência

A convergência representa a interseção entre o que você gosta de fazer ou é bom fazendo e algo que as pessoas estejam dispostas a comprar.

Mas fique atento, as pessoas não estão interessadas em pagar por tudo que você gosta. Eu, por exemplo, gosto de ir a praia aos finais de semana, mas ninguém vai me pagar por esse passeio.

Transforme suas habilidades em produto ou serviço

Com certeza você é bom em mais de uma coisa, você pode iniciar mapeando as suas habilidades em um papel e depois definir como quer atuar.

Criar um produto

Por exemplo, eu sou designer, desenvolvo e administro sites e gerencio redes sociais de algumas empresas.

Durante esses anos trabalhei em parceria com diversos jornalistas, autores e redatores, acabei desenvolvendo a habilidade de escrever, que estou usando para redigir este artigo para você.

Uma boa técnica para escolher as suas habilidades mais interessantes, é após fazer o inventário, selecionar as habilidades que poderiam ser úteis para os outros.

A chave das empresas de sucesso

É muito mais simples do que parece. Você só precisa de um serviço ou produto, pessoas interessadas em comprar e uma forma simples de receber.

Vou detalhar mais um pouco:

1) Serviço ou produto
Você pode usar as suas habilidades para iniciar o seu negócio agora, por exemplo, se você domina o PowerPoint, poderá usar esse conhecimento para dar aulas.

2) Pessoas interessadas em comprar
Se você tiver um grupo de pessoas interessadas em comprar, mas não tem um produto, me desculpe, você não tem um negócio.

3) Uma forma simples de receber
Você pode usar plataformas que ofereçam serviços de recebimento online, (Pagseguro, Moip, Mercado Pago, PayPal, Cielo) para realizar solicitações de pagamento e permitir que os seus clientes paguem via boleto, cartão de crédito ou débito.

Crie algo que as pessoas desejam

É muito mais fácil conquistar clientes dando a eles o que eles querem, também não é difícil descobrir isso.

Vamos supor que você seja fantástico criando apresentações no PowerPoint, você pode perguntar aos seus amigos se eles gostariam de aprender a usar o software.

Essa pesquisa pode ser feita nas suas redes sociais, por e-mail ou pessoalmente.

Tudo o que você precisa fazer é descobrir o que o seu potencial cliente deseja.

Google Formulários

Algumas perguntas podem ajudar você a criar o produto ideal:

  • Qual é o seu maior problema com o PowerPoint?
  • Qual é a sua maior dúvida na hora de criar uma apresentação?
  • O que posso fazer para ajudá-lo com o programa?

Recomendo usar o Formulários do Google para a coleta de dados.

Organizando as ideias de negócios

Após coletar as informações você deverá estar sobrecarregado de ideias.

Porém você deve criar um equilíbrio entre a quantidade de ideias e o tempo que você tem para se dedicar a elas.

Para uma melhor análise, anote todas as ideias e crie uma lista de possibilidades.

Feito isso, é hora de avaliar quais projetos merecem a sua dedicação.

Para isso você pode pegar cada ideia e fazer três perguntas básicas:

  • Essa ideia produz um produto ou serviço claro?
  • Você conhece pessoas que comprarão o que tem a oferecer? Ou sabe onde encontrar essas pessoas?
  • Você encontrou uma maneira de ser pago?

Crie um produto que entregue valor as pessoas

A razão do sucesso de um negócio vem da quantidade de valor que ele é capaz de proporcionar aos clientes.

Não entenda valor como dinheiro, mas sim o quanto e seu produto é capaz de ajudar as pessoas.

O valor estar relacionado as necessidades emocionais e os benefícios que são recebidos pelo cliente.

Por exemplo, no seu curso de PowerPoint, o valor entregue será ensinar as pessoas e fazer com que elas recebam elogios por suas belas apresentações criadas no programa.

Quanto mais você promover e vender benefícios essenciais, no lugar de uma lista de recursos ou características, mais fácil será lucrar com a sua ideia.

Dê mais do que o seu cliente espera

Além de ensinar o aluno a criar ótimas apresentações, você pode dar a ele uma série de templates como um bônus e criar um grupo no Facebook para troca de experiências em eles.

Transforme o seu cliente em um super-herói

Uma simples mensagem pode atrair muito mais clientes para o seu negócio.

Cliente sempre satisfeito

O curso de PowerPoint poderia ser promovido com a mensagem “PowerPoint impressionador: torne-se o mago do PowerPoint diante do seu chefe”.

Colocando o seu negócio para rodar

Não se preocupe muito com o planejamento o quando estiver começando a empreender.

Você poderá planejar conforme avança e ajustar as mudanças necessárias.

O mais importante é lançar o seu negócio o mais rápido possível.

Se você quer ter um plano de negócios, você pode criar um plano de apenas uma página, seguindo o modelo sugerido por Chris Chillebeau no livro A startup de $100, respondendo as perguntas abaixo com uma ou duas frases curtas.

Visão Geral
O que você vende?
Quem vai comprar?
Como a sua ideia ajudará as pessoas?

Abrindo a carteira para o dinheiro entrar
Quanto você cobrará?
Como receberá?

Agitando as coisas
Como os seus clientes ficarão sabendo do seu negócio?
Como você pretende encorajar indicações?

O sucesso
O projeto terá sucesso quanto atingir as seguintes metas:
Número de clientes________ ou renda líquida anual de _____ (ou algum outro indicador)

Obstáculos/desafios/prazo
Desafio ou problema específico #1
Solução proposta para o problema #1

Desafio ou problema específico #2
Solução proposta para o problema #2

Desafio ou problema específico #3
Solução proposta para o problema #3

Prazo final: Lançarei este projeto até o dia ____

Comece a promover antes de ter o produto

Para evitar perder tempo você deve começar a divulgar o seu produto antes de se dedicar na construção dele. Compartilhe sua ideia com amigos e observe a reação deles.

Criando uma oferta atraente

Ofereça benefícios superiores ao custo do seu produto, com um argumento convincente, por exemplo, “Compre o curso de PowerPoint, surpreenda o seu chefe na próxima apresentação e aumente as suas chances de receber um aumento salarial.”.

Turbinando a sua oferta

Se você está vendendo o seu produto através de um site você poderá aumentar drasticamente o poder de atração adicionando a sua página respostas para as perguntas mais frequentes, onde você acabará com as principais objeções do seu potencial cliente e aumentará a confiança e a autoridade do seu negócio.

Deixe o seu comprador despreocupado oferecendo a ele uma garantia de satisfação. Um bom exemplo é a Udemy, que oferece garantia de 30 dias para todos os cursos vendidos, caso nesse período o aluno não goste do curso ele pode pedir o reembolso.

Garantia de satisfação

Sempre que possível forneça ao seu cliente acesso imediato ao produto que ele acabou de comprar. E como já falei anteriormente, entregue a ele mais do que o esperado. Isso pode ser feito, por exemplo, enviando um e-mail de agradecimento personalizado.

Lançando o seu produto

Após criar um produto que faça você se sentir orgulhoso chegou a hora de vendê-lo.

A melhor forma de começar a divulgar é através do seu circulo de amizade, entre em contato com amigos e peça ajuda deles na divulgação.

Lançamento novo produto

Você pode enviar um breve e-mail para eles convidando para conhecer o seu novo projeto e caso eles gostem e tenham interesse em ajudar você a promovê-lo diga a eles o que deverão fazer, por exemplo, compartilhar o link www.meunovoprojeto.com em suas redes sociais.

No final do e-mail não esqueça de agradecer a atenção.

Esteja sempre disposto a ajudar, tirar dúvidas e orientar sem esperar nada em troca, quanto mais disposto a oferecer um serviço de extrema qualidade, mais bem-sucedido será o seu negócio.

Feche a primeira venda o mais rápido possível

Não importa o valor do seu produto, a primeira venda é um marco extremamente importante quando um negócio é lançado

Tenha sempre em mente que a meta de qualquer negócio é gerar lucro.

Gere renda recorrente

Sempre que possível crie negócios onde o seu cliente pague você repetidas vezes, isso ira render a você muito mais dinheiro. Um bom exemplo são programas de assinatura como o Netflix.

Invista e leve o seu negócio para outro nível

Não tenha medo de investir em coisas que poderão impulsionar o crescimento da sua marca, seja em anúncios no Facebook, Google Ads ou em cursos e congressos.

Mas cuidado, evite pedir dinheiro emprestado para esse tipo de ação.

A melhor opção é sempre gastar as próprias economias. Isso eleva o seu mindset aumentando o seu interesse pelo sucesso da sua empresa.

Comece a empreender agora mesmo

1. Defina um produto ou serviço;
2. Crie um site mesmo que básico;
3. Elabore uma oferta atraente e defina uma forma de receber;
4. Lance o seu produto;
5. Faça a sua primeira venda.

Não perca mais nenhuma novidade!
Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

QUERO RECEBER
Você poderá se descadastrar a qualquer momento.
Rian Narcizo

Analista de Marketing Digital na Varanda Criativa.

Não perca mais nenhuma novidade!
Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

QUERO RECEBER
Você poderá se descadastrar a qualquer momento.
close-link